Ipê-amarelo

É das árvores brasileiras uma das  mais conhecidas,  mais cultivadas e também está entre as mais belas. Existem aproximadamente de nove á dez espécies do gênero tabebuia, com características  semelhantes. Não há região do país onde não exista pelo menos uma espécie desta linda arvore, porém a existência do ipê em habitat natural nos dias atuais é rara entre a maioria das espécies. As árvores desta espécie proporcionam um grande espetáculo com sua bela floração na arborização de ruas em algumas cidades brasileiras. São lindas árvores que embelezam e promovem um colorido no final do inverno, podem apresentar floração, amarela, roxa ou branca. E as espécies não se diferenciam necessariamente pela cor da floração, existem espécies diferentes que apresentam a mesma cor de floração.

Existe uma crença popular de que quando o ipê-amarelo floresce não vão ocorrer mais geadas.

Tabebuia Alba

         A espécie Tabebuia alba, nativa do Brasil, é uma das espécies do gênero Tabebuia que possui “Ipê            Amarelo” como nome popular. O nome alba provém de albus (branco em latim) e é devido ao tomento branco dos ramos e folhas novas. O ipê-amarelo é uma espécie heliófita, ou seja,  é uma planta adaptada para crescer em ambientes abertos, exposta luz direta e também  é uma espécie decídua, isso quer dizer que perde as folhas em determinada época do ano. Pertence ao grupo das espécies secundárias iniciais.

Tabebuia chrysotricha

            Outra espécie originária do Brasil, talvez a espécie de ipê mais utilizada em paisagismo. A Tabebuia chrysotricha. Durante o inverno, as folhas do ipê-amarelo caem e a árvore fica completamente despida. No início da primavera, entretanto, ela cobre-se inteiramente com sua floração amarela, dando origem ao famoso espetáculo do ipê-amarelo florido. Quanto mais frio e seco for o inverno, maior será a intensidade da florada.

As árvores de Tabebuia alba podem atingir cerca de 30 metros de altura. O tronco é reto ou levemente tortuoso, com fuste de 5 a 8 m de altura. A casca externa é grisáceo-grossa, possuindo fissuras longitudinais e profundas. A coloração desta é cinza-rosa intenso, com camadas fibrosas, muito resistentes e finas, porém bem distintas. Com ramos grossos, tortuosos e compridos, o ipê-amarelo possui copa alongada e alargada na base. As raízes de sustentação e absorção são vigorosas e profundas. As folhas, deciduais, são opostas, digitadas e compostas. A face superior destas folhas é verde-escura, e, a face inferior, acinzentada, sendo ambas as faces tomentosas. Os pecíolos das folhas medem de 2,5 a 10 cm de comprimento. Os folíolos, geralmente, apresentam-se em número de 5 a 7, possuindo de 7 a 18 cm de comprimento por 2 a 6 cm de largura. Quando jovem estes folíolos são densamente pilosos em ambas as faces. O ápice destes é pontiagudo, com base arredondada e margem serreada. Quanto aos frutos, estes possuem forma de cápsula bivalvar e são secos e deiscentes. Do tipo síliqua, lembram uma vagem. Medem de 15 a 30 cm de comprimento por 1,5 a 2,5 cm de largura. As valvas são finamente tomentosas com pelos ramificados. Possuem grande quantidade de sementes. As sementes são membranáceas brilhantes e esbranquiçadas, de coloração marrom. Possuem de 2 a 3 cm de comprimento por 7 a 9 mm de largura e são aladas.

As sementes são dispersas pelo vento.

Muitas flores

A espécie é caducifólia e a queda das folhas coincide com o período de floração. A floração inicia-se no final de agosto, podendo ocorrer alguma variação devido a fenômenos climáticos. Como a espécie floresce no final do inverno é influenciada pela intensidade do mesmo. Quanto mais frio e seco for o inverno, maior será a intensidade da florada do ipê amarelo. As flores por sua exuberância atraem abelhas e pássaros, principalmente beija-flores que são importantes agentes polinizadores. A planta é hermafrodita, e frutifica nos meses de setembro, outubro, novembro, dezembro, janeiro e fevereiro. Ocorre naturalmente na Floresta Estacional Semidecicual, Floresta de Araucária e logicamente no Cerrado.

Fonte: http://www.ipef.br/identificacao/tabebuia.alba.asp     e

http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/arvores-ipe-amarelo/arvores-ipe-amarelo.php

About these ads
Categorias: Arvores, Flores | Tags: , , , , , , | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com. O tema Adventure Journal.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: